Operação Verão começa no dia 29

Agentes vão orientar motoristas, reprimir ações de flanelinhas e ambulantes irregulares e coibir o estacionamento proibido

 

Operação Veráo terá equipes para ordenar o trânsito na orla da cidade
Operação Veráo terá equipes para ordenar o trânsito na orla da cidade

 

Começa no final deste mês, no dia 29, a Operação Verão, ação de ordenação nas praias da cidade. Para a atuação, unirão forças a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser), Companhia de Limpeza de Niterói (Clin), Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans) e Niterói – Empresa de Lazer e Turismo S/A (Neltur). A operação vai ocorrer às sextas, sábados, domingos e feriados. A ideia é minimizar impactos causados pelo grande fluxo de pessoas que frequentam a orla da cidade durante o período de calor mais intenso. Para este fim de semana, a previsão é de sol, com temperaturas chegando a 35ºC, conjuntura que indica a possibilidade de orla lotada.

As ações de ordenamento serão realizadas nas praias de Itacoatiara, Camboinhas, Sossego, Gragoatá, Boa Viagem/Flexas, São Francisco e Adão e Eva, além das praias de Itaipu, Piratininga, Charitas e Icaraí, que contarão com um efetivo especial, já que costumam contar com movimento mais significativo de banhistas. Por ser o período em que se registra maior movimento nas praias, foi tomada a decisão de disponibilizar nas praias efetivo mais ostensivo durante os fins de semana.

Os órgãos envolvidos na ação vão se dividir entre a repressão à ação de ambulantes ilegais e fiscalização de ambulantes regularizados. Os condutores também estarão na mira das inspeções de trânsito, principalmente nos locais de acesso às praias. Flanelinhas e “condutas lesivas ao sossego” também serão fiscalizados.

A Guarda Civil Municipal vai participar da Operação Verão com mais de cem agentes. A ação de fiscalização segue o modelo do ano passado, com participação da versão móvel do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), que ficará na praia de Piratininga. O Cisp Móvel é um coletivo equipado com sete câmeras de monitoramento, nove monitores LCD e acesso remoto às câmeras do Cisp central. Em caso de necessidade, a estrutura pode ser realocada.

Fonte: O Fluminense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *